Rolar para cima

Comissão de Bibliografia

Nosso desafio nesta comissão é o de indicar referências bibliográficas que possam orientar todos aqueles que de algum modo foram fisgados pelo tema deste XXII Encontro Brasileiro. A seleção dessas referências, os comentários que serão realizados por nossos colegas da Escola Brasileira de Psicanálise e a leitura dos textos requerem uma certa disciplina que passa pelo momento de construção do conceito em Freud e Lacan, conceito que foi central para pensar a subjetivação da diferença sexual, a dimensão da falta e do desejo e, finalmente, a diferença entre modos de gozo.

Confrontamo-nos hoje com um cenário completamente diferente no que diz respeito à experiência do corpo sexuado, já que, graças à ciência, visa-se à produção do corpo na medida do “querer de cada um”. Assim, buscaremos nos textos de psicanalistas contemporâneos instrumentos para pensar as consequências da queda do falocentrismo na contemporaneidade.

Angélica Bastos e Lúcia Grossi